A Princesa Lua e o Colar de Pérolas – Conto Infantil

425

Era uma vez, numa terra distante, um reino encantado chamado Sonholândia. Nesse reino, todos os habitantes eram criaturas mágicas que viviam em harmonia e felicidade. Havia fadas, duendes, unicórnios, dragões, sereias e muitos outros seres fantásticos.

Um dia, o rei da Sonholândia, o sábio e bondoso Rei Sonho, decidiu fazer uma festa para celebrar o aniversário da sua filha, a princesa Lua. Ele convidou todos os habitantes do reino para se juntarem à celebração no seu majestoso castelo de cristal. A princesa Lua era muito querida por todos, pois era gentil, generosa e divertida. Ela adorava brincar com os seus amigos, explorar o reino e aprender coisas novas.

A festa foi um sucesso. Houve música, dança, jogos, comida deliciosa e muita alegria. A princesa Lua recebeu muitos presentes dos seus convidados, mas o que ela mais gostou foi de um colar de pérolas que lhe foi oferecido pela sua melhor amiga, a sereia Marina. O colar tinha um poder especial: ele brilhava no escuro e emitia uma suave melodia que acalmava quem o usasse.

  • Que presente lindo, Marina! Obrigada! – disse a princesa Lua, abraçando a sua amiga.
  • De nada, Lua. É uma lembrança da nossa amizade. Esse colar foi feito pelas minhas irmãs sereias com as pérolas mais raras do fundo do mar. Ele tem uma magia que te ajuda a dormir bem e a ter sonhos bonitos. – explicou Marina.
  • Que maravilha! Eu vou usá-lo todas as noites. – disse a princesa Lua, colocando o colar no pescoço.

A festa continuou até tarde da noite, e todos se divertiram muito. Quando chegou a hora de ir para a cama, a princesa Lua se despediu dos seus amigos e subiu para o seu quarto, que ficava na torre mais alta do castelo. Ela vestiu o seu pijama, escovou os dentes, deitou-se na sua cama fofinha e aconchegou-se debaixo do seu cobertor de penas. Ela olhou para o seu colar de pérolas, que brilhava no escuro e tocava uma doce canção. Ela sorriu e fechou os olhos, sentindo-se feliz e tranquila.

Logo, ela adormeceu e começou a sonhar. Ela sonhou que estava voando pelo céu, montada num unicórnio alado. Ela via as estrelas, a lua e as nuvens. Ela sentia o vento no rosto, o calor do unicórnio e a liberdade de voar. Ela ria e cantava, e o unicórnio também. Eles eram amigos e se divertiam juntos.

Ela sonhou que estava nadando pelo mar, acompanhada pela sereia Marina. Ela via os peixes, os corais e as algas. Ela sentia a água fresca, o colar de pérolas e a alegria de nadar. Ela conversava e brincava, e a sereia também. Elas eram amigas e se gostavam muito.

Ela sonhou que estava caminhando pela floresta, guiada pelo duende Folha. Ela via as árvores, as flores e os animais. Ela sentia o perfume da natureza, o colar de pérolas e a curiosidade de conhecer. Ela perguntava e aprendia, e o duende também. Eles eram amigos e se respeitavam.

Ela sonhou que estava visitando a caverna, protegida pelo dragão Fogo. Ela via as pedras, os cristais e os tesouros. Ela sentia o calor do fogo, o colar de pérolas e a admiração de ver. Ela elogiava e agradecia, e o dragão também. Eles eram amigos e se confiavam.

Ela sonhou que estava voltando para o castelo, abraçada pelo seu pai, o rei Sonho. Ela via as luzes, as cores e as pessoas. Ela sentia o amor do pai, o colar de pérolas e a felicidade de viver. Ela dizia que o amava, e o rei também. Eles eram família e se queriam bem.

Ela sonhou que estava deitada na sua cama, rodeada pelos seus amigos, o unicórnio, a sereia, o duende e o dragão. Ela via os seus sorrisos, os seus olhos e os seus gestos. Ela sentia a amizade deles, o colar de pérolas e a paz de dormir. Ela desejava-lhes boa noite, e eles também. Eles eram amigos e se desejavam o melhor.

E assim, a princesa Lua dormiu profundamente, tendo sonhos bonitos e acordando no dia seguinte com um sorriso no rosto. Ela era feliz na Sonholândia, e todos os habitantes do reino também. Eles viviam em harmonia e felicidade, graças ao rei Sonho, à princesa Lua e ao colar de pérolas.

Fim.

loading...

você pode gostar também