O Cavalo Mágico – Conto Infantil

640

Era uma vez, uma menina chamada Sofia que sonhava em andar a cavalo. Ela adorava ver os cavalos nos campos perto da sua casa, mas nunca tinha tido a oportunidade de montar um. Um dia, ela encontrou um cavalo branco com uma crina dourada que parecia estar perdido. Ela se aproximou dele com cuidado e viu que ele tinha uma estrela na testa. Ela acariciou o seu focinho e disse:

  • Olá, amiguinho. Você está perdido? De onde você veio?

Para sua surpresa, o cavalo respondeu:

  • Olá, Sofia. Eu sou um cavalo mágico e vim de um reino encantado. Eu vim para te levar numa aventura. Você quer andar comigo?

Sofia ficou espantada, mas também muito curiosa. Ela sempre quis andar a cavalo e conhecer um mundo mágico. Ela perguntou:

  • Como você sabe o meu nome? E como você pode falar?
  • Eu sei o seu nome porque eu li os seus sonhos. E eu posso falar porque eu sou um cavalo mágico, lembra? Agora, vamos, suba nas minhas costas e segure na minha crina. Eu vou te mostrar coisas incríveis.

Sofia não hesitou e subiu no cavalo. Ela sentiu uma sensação de liberdade e alegria. O cavalo começou a correr pelo campo, saltando sobre as cercas e os riachos. Sofia riu e gritou de emoção. Ela sentiu o vento no seu rosto e o sol no seu cabelo. Ela pensou que aquilo era o melhor dia da sua vida.

O cavalo levou Sofia para uma floresta cheia de árvores coloridas e flores perfumadas. Lá, eles viram animais fantásticos, como unicórnios, fadas, dragões e gnomos. Sofia ficou maravilhada com tudo o que via. Ela fez novos amigos e brincou com eles. Ela também aprendeu muitas coisas sobre a natureza e a magia.

O cavalo disse a Sofia que eles tinham que voltar para casa antes do anoitecer, pois o portal entre os dois mundos se fecharia. Sofia ficou triste, mas também grata pela experiência. Ela se despediu dos seus novos amigos e agradeceu ao cavalo por ter realizado o seu sonho. Ela prometeu que nunca se esqueceria dele.

O cavalo levou Sofia de volta para o campo perto da sua casa. Ele disse:

  • Foi um prazer te conhecer, Sofia. Você é uma menina muito especial e corajosa. Eu espero que você continue sonhando e acreditando na magia. Talvez um dia nos encontremos de novo.

Sofia abraçou o cavalo e disse:

  • Obrigada, cavalo mágico. Você é o melhor amigo que eu já tive. Eu vou sentir a sua falta. Eu também espero te ver de novo.

O cavalo se afastou e desapareceu no horizonte. Sofia correu para casa e contou aos seus pais sobre a sua aventura. Eles não acreditaram nela, mas ela não se importou. Ela sabia que tinha vivido algo extraordinário. Ela guardou o seu segredo no seu coração e sorriu.

Fim.

loading...

você pode gostar também